Workshop de Língua Brasileira de Sinais

Na manhã do dia 26, aconteceu, no Cria, um Workshop de Língua Brasileira de Sinais promovido pela estagiária de Serviço Social, Arielle Paiva. O evento fez parte do projeto de intervenção de Arielle que, além de estudante de serviço social é também instrutora de Libras.

A Libras é reconhecida como uma língua de modalidade gestual-visual, que pode ser apreendida naturalmente pelas pessoas surdas, ou seja, pessoas que “ouvem” pelo canal visual. É de uso corrente apenas no Brasil pois, como as línguas de sinais não são universais, cada país possui sua própria língua.

A Língua Brasileira de Sinais surgiu a partir do Instituto dos Surdos-Mudos, fundado em 1857 como primeira escola para surdos no Brasil – atualmente denominado Instituto Nacional da Educação de Surdos (INES). Ela é o resultado da mistura da Língua de Sinais Francesa com a língua de sinais brasileira antiga, já usada pelos surdos das várias regiões do Brasil.

Essa língua é de extrema importância para a comunidade de surdos porque, além de facilitar a comunicação e, a partir disso, possibilitar o desenvolvimento de toda uma cultura específica dentro da própria comunidade, é uma das principais maneiras de garantir a socialização e interação do surdo com o resto da sociedade. Dados do último censo do IBGE, mostram que, no Brasil vivem mais de 10 milhões de pessoas com alguma deficiência auditiva, um número expressivo da população convivendo com uma condição especial que, quando não respeitada,

Em Teresina, a principal instituição de apoio às pessoas com deficiência auditiva é a ASTE (Associação dos Surdos de Teresina). Lá eles oferecem, além do curso de Libras, todo um importante suporte para que pessoas com essa condição se sintam mais inclusas.

A atividade no Cria teve como principal objetivo ensinar aos participantes um pouco da língua, a partir de sinais básicos, mas também discutiu questões relacionadas a acessibilidade, ao direito das pessoas com deficiência, ao preconceito, etc. O Cria parabeniza nossa estagiária Arielle Paiva pelo bonito evento que ela organizou e agradece a todos os que participaram, em especial aos convidados Marcos Patrício, Anna Larissa e Mizael.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *